JALAPÃO-  ROTEIRO 5 DIAS E O QUE FAZER

Os melhores pontos turísticos do Jalapão

Você vai ficar muiiito tempo na estrada pois é tudo muito longe, além de pernoitar em 3 cidades diferentes. Ficamos 3 noites em Ponte Alta, 1 em Mateiros e 1 em São Felix, além de uma na volta em Palmas.

Lembrando que pode ser reduzido para 4 dias inteiros e ressaltando que PRECISA DE GUIA para se locomover no Jalapão. A estrada de terra é muiiito ruim, esburacada e não tem sinalização.

Apesar da simplicidade, as pousadas são limpas e confortáveis e a comida caseira muito boa também!

Não tem internet, somente wifi nas pousadas. A melhor operadora de celular é a Claro, que funciona somente em alguns lugares.

Então prepare-se para ficar desconectado, pegar muita estrada e curtir a vida simples, energia e vibe maravilhosa do Jalapão.

Fizemos todos os passeios com o guia @bibijalapao . O André é um ótimo condutor, motorista e guia.

A alta temporada é maio a outubro e feriados

Primeira parada: 3 noites em Ponte Alta – 160 km de Palmas- 2 hs de carro

Dia 1- Canion do Sussuapara – R$15 de entrada

Esse canyon é maravilhoso, com aguas potáveis que pingam das formações rochosas. O aceso é fácil, através de uma escadaria, sem muita trilha. Tem uma pequena cachoeira no final do canyon.

Dia 2: Lagoa do Japonês e Pedra Furada

90 km de Ponte Alta – 2hs de viagem – R$ 25 de entrada

Essa lagoa é maravilhosa, com aguas cristalinas e verde. Você pode nadar até o final ou pegar um barquinho. Tem uma gruta ao fundo! É um dos pontos turísticos mais procurados do Jalapão. Tem uma boa infraestrutura com banheiros e restaurante.

Pôr do sol na Pedra Furada: Um lugar com pedras gigantes e buracos no meio, impressionante a cor das pedras e é perfeito para assistir ao por do sol com uma vista de toda natureza do Jalapão.

Dia 3 – Cachoeira da Fumaça

90 km de Ponte Alta.

Cachoeira com uma queda impressionante. Dá para banhar na parte de cima e ver o visual por baixo. A cachoeira é imponente e bonita!

Dia 4 – Cachoeira da Velha, Rio Novo e Dunas do Jalapão

Partimos para Mateiros, e no caminho paramos na Cachoeira da Velha, que é mais larga e apenas para tirar fotos. Paramos para banhar na Prainha do Rio Novo, com águas calmas e areia fininha.

Pôr do sol nas dunas do Jalapão, que possui uma areia fina e gostosa, com tom alaranjado. Das dunas também é possível ver o visual da natureza exuberante do Jalapão.

Totalizamos 170 km de estrada de chão até a cidade de Mateiros.

Dia 5 – Fervedouros do Jalapão

Fervedouros é o nome dado para o fenômeno conhecido como ressurgência. A água morna misturada com a areia branca forma uma pressão vinda do chão, impossibilitando de afundar, parecendo uma ebulição. É ótimo e divertido para banho.

Fomos em dois fervedouros e na cachoeira mais linda daqui.

Fervedouro do Ceiça – R$20 – rodeado por bananeiras, um visual incrível bem verde

Fervedouro do Encontro das Águas R$15 – bem pequenininho com pressão forte da areia

Cachoeira da Formiga -R$20 – a cachoeira com a cor mais linda que já vi

A água é deliciosa e não é muito gelada. Entramos na cachoeira que é pequena e tranquila.

Pernoite em São Felix do Tocantins

Dia 6 – Fervedouro Bela Vista

Fervedouro Bela Vista, o mais famoso daqui. R$20 de entrada e partiu Palmas, 7 horas de viagem.

Pernoite em Palmas

Dica importante: as estradas do Jalapão são a maioria de terra e sem sinalização com muitos buracos, dificultando o acesso. Somente carros 4×4 conseguem passar, portanto não há vans ou ônibus turismo. Recomendo muito contratar uma agencia de turismo, que normalmente é tudo incluso: hospedagem, comida, entrada dos atrativos e lanches.

Se você gosta de natureza e simplicidade, a energia e vibe é maravilhosa.

Recomendo muito o Guia: @bibijalapao além de guiar é um ótimo motorista. Para valores, tratar diretamente com ele, pois ele personaliza o roteiro de acordo com a quantidade de dias, hospedagem, comida. Em Ponte Alta, ficamos na pousada dele, o quarto é amplo, limpo, com duas ou 3 camas, chuveiro muito bom.

O Bibi Jalapão possui uma lanchonete anexa a pousada, servindo lanches deliciosos, como pasteis, panquecas, pizzas, saladas, bolos tortas e sucos.

Não está incluso a pernoite em Palmas e os voos.

Eu amei o Jalapão e recomendo todos que curtem natureza, energia boa, simplicidade e tranquilidade.

PS: Uma das formas de ganhar dinheiro com o blog são com as comissões.  Na sua próxima viagem, compre por esses links, que eu ganho comissão mas você paga a mesma coisa! Se você acha que o blog te ajuda de alguma forma, não custa nada comprar através desse links confiáveis! Muito obrigada 😊

SOBRE MIM

Priscila Kamoi é formada em Administração e Marketing pela Baldwin Wallace University. Trabalhou durante 7 anos no mundo corporativo e após câncer, largou a carreira corporativa para ter uma vida com mais propósito, liberdade e felicidade. Viu o blog como uma forma de unir tudo o que ama: viajar, ler, escrever, fotografar, moda, comer, culturas e pessoas. Já teve seu olhar por 32 países até agora e possui mais de 80 roteiros de viagens.Viajante, empreendedora e nômade digital por opção SAIBA MAIS

Conheça:

Acompanhe o blog no Facebook  / Instagram / Vídeos no Youtube Blog Jornada