Convidei minha amiga Luiza Scheide Lipori para escrever sobre como é morar em Nova York

IMG_8832

Tô mega feliz de fazer mais um post colaborativo para o Jornada Kamoi.
Não sei nem como explicar como é viver na cidade mais legal do mundo.

Mudamos no final do outubro. Meu marido foi contratado por uma agência de publicidade e viemos de “mala e cuia” 8 meses depois do nosso casamento.

IMG_9478

1.CULTURA

Acho que primeiramente dizendo que a gente não mora em Nova York, a gente mora no mundo.Tem gente de todos os lugares. Uma verdadeira overdose de novas línguas, comidas, músicas, costumes, religiões e estilos.

2.ONDE MORAR

Moramos no Brooklyn, pertinho dos nossos amigos de Curitiba. Menos turistas, carros e prédios do que Manhattan. Mais locais, bikes e prédios baixinhos. E claro, mais espaço. Por esse motivo, é uma das opções preferidas de recém casados com filhos ou animais.
Outra característica importante do Brooklyn é a sua aura hype. Artistas e fashionistas buscam inspiração nas bandas de cá. O que deixa tudo mais legal e visualmente interessante. Mas esse hype todo não é só alegria. Os aluguéis subiram muito nos últimos anos e muitos lugares já estão com quase o mesmo preço de Manhattan.

IMG_7397 IMG_6683

 Achamos nosso apartamento no Street Easy. Esse app me ajudou muito. Com os filtros eu puder refinar minhas buscas (no Broker fee, 2 quadras do metro, lavadora e secadora dentro do ap…Enfim, muitas opções de filtro) e visitar só os apartamentos que a gente gostava mesmo.

3.TEMPERATURA

Quando chegamos em Nova York, já estava friozinho, mas a gente não tinha idéia do que estava por vir. Fez muuuuuuuito frio em janeiro e piorou em fevereiro.
No frio é complicado para fazer vários programas porque é difícil ficar fora de algum lugar aquecido por mais de 1 hora.
A não ser que o programa seja fazer ski/snow. A gente fez 2 vezes no último inverno. Tem várias montanhas aqui por perto e o Snow Bus
é um dos mais fáceis e baratos.

IMG_9421 IMG_8341

4.O QUE FAZER

Outra opção para o inverno são os vários incríveis museus. Eu adoro o MET e o Museu de História Natural Rosto sorridente com olhos sorridentes e praticamente todos têm algum dia/horário em que a entrada é free.
Patinar do gelo também é super divertido. As pistas Wollman Rink no Central Park e a pista do Rockefeller Center são as mais “tradicionais”, mas se você não quiser ficar horas na fila, nem ser atropelado, a Trump Lasker Rink fica ao norte do central Park. É menos conhecida e muito mais barata. Minha favorita ainda é a pista principal do Central Park.
Mas o inverno passou Pessoa levantando ambas as mãos em comemoração E agora estamos nas nuvens com esse verão delicioso.

IMG_8426 IMG_8806
Andamos de bicicleta e jogamos tênis praticamente todo final de semana.

IMG_1163 IMG_1053

5.PRAIAS:

Também estamos indo muito à praia. Leva mais ou menos 1 hora para chegar lá de metrô. O que é sensacional. Eu amo o metrô feio, fedido, lotado, eficiente, rápido e seguro daqui. Fomos para Long Island, Coney Island and Rockaway Beach. Nenhuma delas é bonita como nossas praias brasileiras Smiley com meio sorriso Mas Coney Island tem um parque de diversões, 4 linhas de metro que vão até lá e cachorro quente do Nathan’s, então não tem erro.

IMG_2540 IMG_2565

IMG_2681

Enfim, vale muito bater perna por aqui. Tenho certeza de que o que contei aqui é apenas um milionésimo do que é possível aproveitar de NY. Quando não estou no voluntariado, cursos, yoga ou trabalho, estou perambulando pela cidade. Porque ainda tenho muito pra descobrir.

IMG_2473 IMG_2332 IMG_7860

Adorei o post Lu! Obrigada!

FAÇA SEU ROTEIRO DE VIAGEM PERSONALIZADO COMIGO

SOBRE PRISCILA

Priscila Kamoi: Formada em Administração e Marketing pela Baldwin Wallace University. Após câncer, decidiu largar carreira corporativa para ter seu próprio negócio. Viajante, empreendedora e nômade digital por opção. Já teve seu olhar por 20 países até agora! Possui uma marca de camisetas ! SAIBA MAIS

Acompanhe o blog no Facebook  e no Instagram

Inscreva-se no canal Blog Jornada Kamoi no Youtube