Londres é a minha cidade preferida das que já conheci. Ela é grande, cosmopolita, completa, ao mesmo tempo que é histórica é moderna. Adoro o contraste do antigo com o novo e a mistura de moda, música, história, agito e artes. Há uma variedade gigantesca de atrações.

Eu já conhecia Londres, mas amei tanto que tive aquela vontade de voltar o quanto antes. o que fazer em londresFiquei 5 dias (4 dias inteiros) desta vez e acredite nunca é suficiente. Se você ficar 10 dias, 15 dias, sempre tem o que fazer, para todos os gostos e públicos. Tenho certeza que você vai amar.

Ah, fica aqui uma dica de passagens: você pode encontrar voos mais econômicos para Londres na Rumbo.

roteiro londres

Dia 1 em Londres

Chegamos no final da tarde e o trajeto do aeroporto-hotel é longo. Qualquer aeroporto que você desça até o hotel você levará à partir de uma hora, seja de ônibus, metrô, trem ou taxi.

1.Depois de fazer check in no hotel, fomos ao Hyde Park, um parque enorme com um lago Serpentine no centro.Dá para alugar bicicleta pois o parque é bem extenso.

dicas londres

2.No final dele, você encontra Kensignton Palace / Gardens, onde foi o lar da princesa Diana.

3.Também fomos na Harrods, a mais famosa e exclusiva loja de departamentos. Visitar todos seus andares é um evento, está cheia de mercadorias refinadíssimas com preços também extraordinários. Tem de tudo, desde móveis, cristais, piano, decoração, grifes, comida e muitas delícias. Não deixe de visitar as áreas de alimentação lindamente decoradas, com mais de 29 bares e restaurantes.

A Harrods foi aberta em 1849 como uma pequena e impecável mercearia e em 1905 foi construído este monumento com mais de 300 departamentos. A loja é mais impressionante à noite, com mais de 11.500 luzes.

Harrods-Department-Store-London

Funcionamento: Segunda a Sabado das 10:00am – 9:00pm e aos domingos 11:30am* – 6:00pm

Dia 2 – Londres

Manhã
Começamos o dia pelos monumentos principais de Londres. Fizemos tudo andando! Descemos na estação Westminster e já dá de cara com a London Eye (roda gigante) e com o Parlamento + Big Ben, que é a torre do relógio do Palácio de Westminster

4 dias em londres

4. A London Eye é a maior roda gigante do mundo, à beira do Rio Tâmisa, oposto ao Parlamento. Andar nela é öbrigatório” em Londres e oferece vistas incríveis da cidade.São 32 cabines que cabem 25 pessoas em cada e oferece visibilidade total de cada canto. A volta dura 30 minutos e custa em tonro de 20 pounds. A fila costuma ser grande então dá para comprar com antecedência pela internet ou chegue cedo pois o horário é marcado.

big ben londres

Após passear na London Eye e passar pelo (5) Parlamento e Big Ben, vá em direção à (6) Abadia de Westminster – é a igreja com gloriosa arquitetura medieval. Nesta abadia aconteceu o funeral da princesa Diana, a coroação de Elizabeth II e o casamento do príncipe Willian com a Kate Middleton. A entrada é 16 libras.

londres dicas viagem

7. Siga em direção do St. Jame’s Park – é o parque mais elegante de Londres. Ele é bem menor que o Hyde Park e é o meu preferido por ser pequeno e agradável.
Ao final dele você chegará no Palácio de Buckingham.

londres roteiro

8. Palácio de Buckingham é residência mais famosa de Londres e um dos maiores destaques da cidade, onde ocorre diariamente a troca da guarda todos os dias as 11:30 e entre ago-abr em dias alternados.

roteiro 4 dias londres

9. Perto está a Trafalgar Square – uma praça super movimentada, com fontes, cheia de gente e vida onde acontece eventos. Possui a estátua de Nelson, que derrotou Napoleão na batalha de Trafalgar.

londres

10. National Gallery é o museu que fica na Trafalgar Square e a entrada é gratuita. Se decidir entrar, limite-se a uma ou duas horas nesse museu, visitando a ala Sainsbury.

10592772_10204646402465884_14019574703184519_n

Tarde

11. Almoce no Convent Garden é uma das áreas mais agitadas da cidade, que eu adoro! Um local popular tanto entre londrinos quanto entre turistas. É a primeira praça planejada da cidade, com restaurantes, lojas e concertos ao ar livre. É uma delicia de lugar, dá para almoçar lá no restaurante do Jamie Oliver (Union) ou comer a famossa paella gigante. Siga em direção a Leicester Sq.

post7

post17

12. Leicester square – coração do bairro do entretenimento, onde tem salas de cinema, lojas, bilheterias dos musicais, muito movimentado e agitado. Siga em frente até Picaddily.

IMG_9112

13.Picadilly Circus – é o cruzamento com a rua Regent St, uma das mais famosas da cidade. Possui uma estátua de Eros e é famoso por seus anúncios em neon, indicando a entrada do bairro de entretenimento da cidade. Pegue a Regent St

IMG_7995

14 e 15. Regent Street e Carnaby St– ruas famosas de Londres que vale a pena passear, com muitas e muitas lojas! Andando pela Regent St, faça um desvio para direita e você chegará na Carnaby St. Antes de ir para Oxforst St, siga em direção ao British Museum

16. O British Museum, principal museu de Londres, também com entrada grátis. É o mais antigo museu do mundo, com mais de 6 milhões de obras de mais de 1,8 milhões de anos. Estipule um tempo lá também, pois é bem grande e vá somente nas atrações principais e veja as múmias.

IMG_8088

IMG_8094

17. Voltando às compras, ao final da Regent que é bem bonita e movimentada, você chegará na Oxford Street, a rua mais famosa e principal rua com milhares de lojas de todos os tipos! Primark, Top Shop, H&M, Forever 21, são lojas que eu gosto e a Primark é super hiper mega barata mas lotada!

Horários: Seg – Sex 9.30am -10pm/ Sab: 9am – 9pm/Dom: Sunday 12pm-6pm

Regiões:
18. Soho – região boemia com bares e agito, perfeito para happy hours.
19. China Town – lojas coloridas e restaurantes. Na Gerrard St tem arcos com ornamentos orientais. Concentram-se moradores asiáticos e você pode fazer compras em supermercados chineses, barracas de rua e lojas. Não faltam restaurantes excelentes.

Dia 3 – dia dedicado aos “markets”

20. De manhã pegamos o metrô e fomos para Notting Hill – Portobello Road Market – Nesta rua ocorre uma feira ao ar livre, com barracas com antiguidades (aos sábados), artesanato, roupas, coisas vintage, todo tipo de bugiganga.

10419550_10204633868952554_5430993034420412505_n

10433948_10204633872152634_5915676738433479709_n

21. Depois pegamos o metrô novamente e fomos para Camdem Town/Market,que leva uns 30 minutos. Camdem é uma região super interessante e animada, também com feiras, roupas, artesanato, lojas, restaurantes que você encontra pessoas mais alternativas e do rock.

post8

Dia 4 – à margem do Tâmisa

MANHÃ

O quarto dia foi reservado para as atrações na margem do Rio Tâmisa. Você vai sempre andando na “beira” do Rio e verá ícones londrinos tanto do “lado de lá” como no lado que você está andando

fb9

22. Millenium Bridge, totalmente de aço e moderna, liga o Tate Modern Museum com St Paul. Somente pedestres.

fb10

23.Tate Modern – uma das mais interessantes galerias de Londres, à margem do Tâmisa e da Millenium Bridge. O museu é em uma antiga usina elétrica com arte moderna. Tem bastante obra do Salvador Dali e Picasso. Entrada grátis.

24. St. Paul’s Cathedral – tem muita semelhança com a basílica de St Paul de Roma devido a sua enorme cúpula.

fb11

25. Voltando para o lado do Tate Modern, mais à frente você chegará a mais uma feira ao ar livre com muita comida, almoce no famoso Borough Market, que é uma delícia também. Das 10h00 às 17h00.

post13

TARDE

26. Perto de London Bridge está o The Shard, o prédio mais alto de Londres que foi recentemente inaugurado. É possível subir e ter uma impressionante vista 360 graus da cidade. São dois níveis: primeiro você vê o andar 69 e então pode subir as escadas pro andar 72 que está a 244 metros do chão e é parcialmente descoberto. Tem um formato de pepino e a entrada é 25 libras (Acho caro!).

fb12

27.Tower Bridge – um dos principais marcos de Londres, esta obra prima da engenharia civil possui estilo neogótico e esta ponte foi construida em 1894.

fb13

fb14

28. Cruzando a Tower Bridge, você chegará na Tower of London – a grande fortaleza londrina, ao lado do Rio, costuma ser lembrada como uma prisão. Entrada 19 libras, não entrei.post16

No quinto dia ficamos mais perto da região do hotel pois era o dia que íamos embora. Almoçamos no Founders Army, restaurante excelente na margem do Tamisa, com uma vista incrível, com mesinhas para fora.

IMG_8120

Caros, este roteiro está bem completo e foi esse que eu fiz nas duas vezes que eu fiz. A maioria das atrações você faz de metrô ou até mesmo andando.  Dica: compre o crartão de metrô de 5 dias pois você vai usar bastante. Você pode alterar este roteiro conforme o que você gosta mais de fazer.

Como tem muitas feiras, parques e coisas ao ar livre, eu gosto de curtir a cidade, então não fiquei muito tempo em museus. Também acho caro algumas atrações como a Tower of London, Abadia de Westminster, The Shard, então não entrei, ainda mais que são em pounds! Se você gosta de museus então fique um dia a mais para entrar e ver com calma todos.

fb20

Como eu falei, ainda tem muita coisa para ver e fazer. Se você ficar mais dias, pode ir a Canary Wharf (parte empresarial da cidade), Greenwich, fazer um tour para o Castelo de Windsor e Stonehenge. Ou  esticar para cidades ao redor, como Bath, Orford, Cambridge, etc

Faça seu roteiro de viagem personalizado comigp

SOBRE MIM

Priscila Kamoi é formada em Administração e Marketing pela Baldwin Wallace University. Trabalhou durante 7 anos no mundo corporativo e após câncer, largou a carreira corporativa para ter uma vida com mais propósito, liberdade e felicidade. Viu o blog como uma forma de unir tudo o que ama: viajar, ler, escrever, fotografar, moda, comer, culturas e pessoas. Já teve seu olhar por 25 países até agora e possui mais de 60 roteiros de viagens.Viajante, empreendedora e nômade digital por opção SAIBA MAIS

Conheça:

Acompanhe o blog no Facebook  / Instagram / Vídeos no Youtube Blog Jornada Kamoi

PROGRAMA QUERO EMPREENDER

 

Assista ao vlog

Créditos das fotos: Priscila Kamoi e Alexandre Neves

Espero que tenham gostado! Se você gostou desse post, ficaria muito feliz se compartilhasse! Vai para Londres? Conhece alguém que vai? Compartilha este post então! Beijos, Pri Kamoi