O Monte Pilatus é a principal montanha turística para visitar em Lucerna. O passeio é imperdível é chega a 2132 m de altitude. Eu fui em Junho de 2019.

Você pode ir de barco + funicular (Alpnachstad) ou ir de teleférico e voltar de funicular (Kriens). Eu escolhi subir de teleférico (Kriens) e voltar pelo funicular e depois o trem ou barco, por ter menos turistas por esse caminho. No inverno, a subida é apenas de teleférico.

Para chegar eu peguei o ônibus 1 do centro de Lucerna, que é de graça com o visitor card ou swiss pass, até Kriens Pilatus. Lá sai o teleférico, com janelas até o chão, para subir e tem duas paradas, primeira estação Krienseregg, a 1.026m de altitude. Essa estação eu não desci e tem um parquinho para crianças.

Na segunda estação: Fräkmüntegg, a 1.416m de altitude, você desce do teleférico e já se depara com uma vista maravilhosa. Nessa estação, pega o teleférico maior até chegar no Pilatus Kulm com 2132 m.

No topo, tem o mirante,  2 hotéis, lojas e 5 restaurantes, com uma vista incrível.

Para voltar, voltei para Alpnachstad, com o funicular que é o mais íngreme do mundo que sai de 40 em 40 minutos e depois um trem até Lucerna. O tour dura em média 3 horas tudo! O ticket custa 74 CHF ida e volta, mas, se você estiver com o Swiss Travel Pass, paga metade.

No inverno as atividades mais procuradas são andar de trenó na neve e praticar snowboard.

Já no verão, o mais procurado é o tobogã que é o mais longo da Suíça com 1.350 metros de comprimento, e o arvorismo. Além disso você pode subir caminhando na trilha e se aventurar.

MONTE PILATUS – TICKETS E INFORMAÇÕES

Eu amei esse passeio e recomendo a todos que vão a Lucerna

PS: Uma das formas de ganhar dinheiro com o blog são com as comissões.  Na sua próxima viagem, compre por esses links, que eu ganho comissão mas você paga a mesma coisa! Se você acha que o blog te ajuda de alguma forma, não custa nada comprar através desse links confiáveis! Muito obrigada 😊

SOBRE MIM

Priscila Kamoi é formada em Administração e Marketing pela Baldwin Wallace University. Trabalhou durante 7 anos no mundo corporativo e após câncer, largou a carreira corporativa para ter uma vida com mais propósito, liberdade e felicidade. Viu o blog como uma forma de unir tudo o que ama: viajar, ler, escrever, fotografar, moda, comer, culturas e pessoas. Já teve seu olhar por 34 países até agora e possui mais de 100 roteiros de viagens.Viajante, empreendedora e nômade digital por opção SAIBA MAIS

Conheça:

Acompanhe o blog no Facebook  / Instagram / Vídeos no Youtube Blog Jornada Kamoi